segunda-feira, 14 de março de 2011

JANICE CAIAFA: DOIS POEMAS

ORAÇÃO DE MOÇA

            tenho um cipó no pulso esquerdo
            atado por Nossa Senhora

ai franciscano cortai-me o laço.
dai-me um raminho novo.
orai pela minha alma.

   olhai para o meu corpo agora
convosco quero viver
confesso meu langor pela vossa espádua

           
                        tão lisa, tão fina, tão sacra


                       
                        des-conta do meu rosário
                        verteu-se em suas verdadeiras          
                                   rosas

            ai desatai-me esse condão
            que a Virgem Rainha
                        compôs o meu decoro, e agora Salve.



FILTRO MÁGICO

                        ao meu pequeno puck

din-dins de pires
de leite,
confusões dos potes
            da casa –
gengibre-me o bolo
            que faço.
gnomo que guardo no leito
di-minuto gênio do quarto
            matéria e gema
                   das tigelas
jujuba mágica entre as muitas
gomas de mascá-la.
eu amo meu robin da cozinha
que me ajuda a pensar os séculos
secretamente sob a minha
            anágua.

                               In: Noite de Ela no céu. Três Corações, 1982.

2 comentários:

  1. Brincou com as palavras! Maravilha!
    Obrigada pelo "presentim".

    Beijos

    ResponderExcluir